Stetic Cris

quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

Metas a cumprir no ANO NOVO.


Últimos dias do ano e nossas cabecinhas começam a borbulhar expectativas! Navegando achei esse artigo muito legal, com 10 dicas interessantes para colocarmos em prática no próximo ano.  Boa leitura!
Janaína Macedo


O Ano está acabando e esse é o momento ideal para pensar nas famosas listas com metas para o ano novo. As decisões, no entanto, podem ser fáceis de criar, mas bem difíceis de manter. Saiba que é complicado sustentar o entusiasmo com o passar do tempo, mas não impossível. Nesse ano que se inicia escolha ao menos uma das seguintes dicas e tente cumprir!


1. Perca peso
Um dos mais desejados - e complexos - objetivos de se atingir. Ainda assim, o sucesso pode ser alcançado se não esperarmos que aconteça da noite para o dia. Paciência e força de vontade são grandes aliados no processo. Para que o desespero não tome conta, tente anotar tudo o que você consome e preste atenção para não sair da linha. A manutenção de um diário alimentar vai ajudá-lo a observar o que já foi conquistado.

2. Mantenha contato com os amigos
Pessoas com vida social ativa e forte laços familiares vivem mais do que aquelas mais reservadas. Na era da tecnologia, os danos causados por contatos baseados apenas em redes sociais podem ser tão graves quanto os por abuso de álcool ou cigarro.
"As relações verdadeiras nos fortalecem e nos protegem das situações adversas e/ou estressantes. Mas a amizade tem que ser autêntica e sincera, não basta ter muitos amigos virtuais se você não pode contar com eles nos momentos difíceis", complementa o psicólogo Armando Ribeiro das Neves Neto, professor da USP. Portanto, desligue o computador e vá visitar seus amigos!

3. Pare de fumar
As tentativas são muitas, mas deixar de lado o cigarro é uma tarefa árdua. Existem diversos métodos para atingir o objetivo, mas muitas vezes pensar no bolso é o mais eficaz. Todos os malefícios que o vício traz para a saúde são constantemente divulgados, logo, perceber o quanto se pode economizar é uma boa ideia!

4. Diminua o estresse
Um pouco de pressão e estresse é crucial para termos entusiasmo e energia. Mas quando ele passa a ser crônico, aumenta o risco de sofrermos males como depressão, obesidade, doenças cardiovasculares e insônia. "O estresse afeta o funcionamento do sistema nervoso, hormonal e imunológico, além de propiciar o aparecimento de comportamentos que eu chamo de mal-adaptativos: o uso de drogas, o comer compulsivo, entre outros", alerta Neves Neto. Apesar de fazerem parte da vida moderna, alguns agravantes como poucas horas de sono, falta de exercícios e má alimentação podem ser evitados. Aproveite o ano novo para relaxar, dormir e passar mais tempo de qualidade com a sua família!

5. Seja um voluntário
Nem sempre o segredo da felicidade está apenas em nós mesmos. Ajudar o próximo é um ingrediente indispensável para uma vida feliz e saudável. "Quando se apaixonar de verdade por um trabalho social, acabará colocando-o na lista das suas prioridades", garante o especialista em produtividade pessoal Christian Barbosa. Os benefícios da participação em projetos voluntários são direcionados àqueles que recebem o apoio e, também, aos que se dedicam para tal. Emoções positivas nos tornam mais jovens!

6. Volte a estudar
O reencontro com os livros, não importa qual for sua idade, aumenta o ciclo de amizades, melhora a carreira profissional e ainda impulsiona as funções cerebrais. Além de ganhar conhecimento, a memória torna-se mais ativa e doenças, como Alzheimer, têm o potencial de surgir significantemente reduzido! "Essa é uma alternativa para exercitar a mente, que funciona de forma análoga à musculação para o corpo. Malhar o cérebro vai deixá-lo mais protegido contra doenças e, ainda que um problema ocorra, um acidente vascular, por exemplo, as demais partes do cérebro, estando bem preparadas, darão conta de compensar a perda. Na prática, isso significa um risco menor de limitações físicas, mesmo se algo der errado porque, nesse caso, a recuperação será muito melhor", explica o neurologista André Gustavo Lima, do Hospital Barra D´or, no Rio de Janeiro.

7. Reduza o consumo de bebida alcoólica
O excesso de álcool pode afetar neurotransmissores cerebrais e aumentar as chances de perda de memória, depressão e convulsões. Ainda que faça bem em pequenas quantidades, não se pode esquecer os prejuízos que acarreta ao fígado e coração.

8. Durma mais
Uma boa noite de sono é mais importante para a saúde do que se pode imaginar. Além de ser uma fonte de bom humor e de uma pele mais jovem, quem dorme bem vê reduzidos os riscos de desenvolver obesidade e diabetes. "Já aqueles que dormem pouco submetem o organismo a um estresse caracterizado por alterações bioquímicas que podem levar, por exemplo, ao aumento do colesterol e do triglicérides, marcadores que estão relacionados a vários problemas de saúde", ensina o neurofisiologista Flavio Alóe, do Centro de Estudos do Sono do Hospital das Clínicas (SP). Então, aproveite para ir para a cama mais cedo hoje e não se culpe por isso!

9. Coma menos gordura e mais vegetais
Fazer substituições inteligentes e enriquecer a dieta é bom para o corpo e a alma. O ômega-3 é uma boa opção, pois ajuda o cérebro a funcionar melhor e é essencial para a regulação hormonal. Essa gordura contribui para a perda de peso e previne doenças cardíacas. Abuse, também, dos vegetais! Eles são baratos, ricos em vitamina K, o que fortalece os ossos e alivia a depressão, e fáceis de manusear e cozinhar! "Frutas, legumes, verduras, feijões, cereais, tubérculos e raízes possuem uma quantidade de vitaminas antioxidantes, boas gorduras e fibras que supera em muito a dos alimentos industrializados. Além disso, o consumo dos vegetais garante uma menor disponibilidade de açúcar simples e sódio na dieta, o que, evidentemente, diminui o risco de doenças como o diabetes, a hipertensão e outros problemas associados", diz a nutricionista Isis Tande da Silva, do Ganep Nutrição Humana.

10. Viaje mais
Mudar de ares, conhecer diferentes cenários, aprender e descobrir coisas novas. Tudo isso é possível numa viagem, que nos tira da rotina e revitaliza. Mais do que um simples lazer, trata-se de um exercício para o bem-estar e rejuvenescimento!

Por Fernanda Emmerick

Fonte: Revista Viva Saúde.
Retirado do Blog amigo Uma Futura Magra.