Stetic Cris

sexta-feira, 19 de novembro de 2010

Como vencer a gordura localizada!



Ela vai se acumulando aos poucos e, quando nos damos conta, já se instalou. Eliminá-la não é tarefa fácil: depende de disciplina, boa alimentação e exercícios, aliados a recursos como ultrassom, indermoterapia e carboxiterapia.
Devido a uma predisposição genética e hormonal, as mulheres têm uma tendência a acumular gordura nas coxas, culotes, abdome e braços. Nos homens, a região do abdome é a mais afetada, formando os pneus.
Nem sempre dieta e exercícios físicos são capazes de eliminar esse tipo de gordura. Em geral, é preciso combinar procedimentos capazes de mobilizá-la para que seja metabolizada e eliminada pelo organismo. Essa ação é possível, sobretudo, com a ajuda de aparelhos que induzem a lipólise, ou com a aplicação de substâncias que favorecem os receptores de saída de gordura.
Cremes à base de ativos como cafeína, centella aasiática e silício orgânico, cuja eficácia é cientificamente comprovada para a quebra de gordura, também auxiliam no processo. A dermatologista Fabiana Pietro observa que a massagem modeladora, “quando bem executada, com manobras manuais e de amassamento, estimula a oxigenação dos tecidos e também favorece a lipólise. Porém, seu efeito é mais lento, quando comparado ao dos aparelhos”, esclarece.
Para otimizar os resultados de qualquer tratamento é preciso que hormônios, como a insulina, estejam equilibrados. “Esse equilíbrio é importante para que, após ser dissolvida, a gordura seja utilizada como fonte de energia e, posteriormente, eliminada pela urina e as fezes. Quando o seu nível está alto, ao contrário, ela é reabsorvida pelo próprio tecido”, explica a especialista.
“Quando em desequilíbrio, os hormônios tireoidianos também dificultam o metabolismo das gorduras, facilitando o seu estoque”, explica a médica.
A Drª Fabiana destaca, ainda, que é importante fazer algum tipo de exercício físico para que o organismo queime o que foi mobilizado.
Ativos Recomendados
- Amarashape: Ativo nanosferizado indutor da lipólise, resultado da associação da sinefrina com a cafeína.
- Argila Verde: Rica em oligoelementos (ferro, magnésio, zinco e silício) que promovem ação antioxidante.
- Cafeína: Bloqueia enzimas que impedem a quebra dos triglicerídeos. Possui propriedade vasodilatadora. Aumentando o fluxo sanguíneo.
- Mel Quaternizado: mel modificado com derivados de baixo peso molecular, o que o torna um umectante mais potente do que a glicerina.
- Semente de damasco: Proporciona abrasão suave.