Stetic Cris

domingo, 14 de novembro de 2010

Você não emagrece por causa do metabolismo?


Muita gente atribui ao metabolismo lento a dificuldade de perder peso. Mas será que faz sentido? Fernando Menegat Kuhn, endocrinologista, especialista em obesidade, de Caxias do Sul, esclarece o que é mito e o que é verdade.

Não consigo emagrecer porque meu metabolismo é lento.
MITO.
Na maioria dos casos, essa é uma desculpa para o fracasso da dieta. Só uma pequena porcentagem de pacientes têm problemas orgânicos. Voracidade alimentar, sedentarismo e uso de medicações antidepressivas são as causas mais frequentes da obesidade. A dificuldade não está no organismo emagrecer, mas em mudar hábitos, fazer o que é preciso para emagrecer. São coisas diferentes.

Eu como pouco, mas não consigo emagrecer.
MITO
. A não ser em raros casos de distúrbios, a pessoa não emagrece quando ingere mais calorias do que gasta. Às vezes, o problema não está na quantidade de comida ingerida, mas na quantidade de calorias da comida colocada no prato. Emagrecer é uma equação matemática. Para perder um quilo em uma semana é necessário haver um déficit de aproximadamente 1 mil calorias ao dia: 7 mil calorias/semana. Pode-se conseguir isso reduzindo 700 calorias pela dieta e queimando 300 calorias pelo exercício, o que vai dar 1 mil calorias/dia.

Pessoas com tendência a engordar nunca serão magras.
MITO
. Não é uma regra imutável. Depende de mudança de hábitos (alimentares e prática de exercícios) e de perseverança nessa mudança do modo de viver. Quanto maior o grau de obesidade mais difícil é a transformação. Estudos apontam que a tendência a voltar a maus hábitos aumenta na proporção direta do aumento do IMC (Índice de Massa Corporal).

Os magros têm o metabolismo mais acelerado do que os gordos.
DEPENDE
. Há pacientes que têm resistência à ação da insulina e podem ter mais dificuldade para emagrecer. Para descobrir essa resistência, é preciso fazer um exame com glicose/insulina e calcular o HOMA (Avaliação Dahomeostase Metabólica). A herança genética também tem importância (familiares magros ou obesos). Mas, em geral, são os maus hábitos que influenciam a obesidade e diferenciam gordos e magros.

O metabolismo do homem é mais acelerado do que o da mulher.
SIM.
A diferença de massa muscular entre os sexos é que determina o ritmo do metabolismo. Os homens possuem 8% a mais de massa muscular do que as mulheres. Os músculos consomem mais energia do que a gordura para se manter.

O metabolismo desacelera com a idade.
SIM
. A partir dos 30 anos, o ritmo metabólico diminui (média de 5% a cada década). Essa redução, que é maior nas mulheres que nos homens, decorre da perda de massa muscular, natural da idade.


FONTE: Vida Saudável